Confira os resultados da Edição 2018

INICIATIVA E REALIZAÇÃO

APOIO À 8ª EDIÇÃO

Ética nos Negócios & Valores Corporativos. Tem ou não tem? Eis a questão!

A Pesquisa Código de Ética Corporativo tem um valor muito especial, pois foi a primeira iniciativa realizada pelo Instituto Brasileiro de Ética nos Negócios e que teve os resultados divulgados durante um evento de comunicação empresarial ocorrido em Fortaleza/CE, em maio de 2008.

De lá para cá, a instituição avançou muito! Este ano completaremos onze anos de fundação, desenvolvemos e realizamos mais de 20 iniciativas para o fomento da Ética no meio empresarial e também junto as crianças, jovens e universitários por que os estudantes de hoje serão os empreendedores, empresários, executivos e colaboradores das empresas de amanhã. Como se não bastasse, estamos em processo de expansão internacional num modelo inédito em todo o mundo, priorizando as premissas da Franquia Social e das Empresas Juniores.

Para sedimentar esta expansão internacional, lançaremos em junho de 2014, antes da abertura oficial da Copa do Mundo de Futebol, os resultados da Pesquisa Código de Ética Corporativo na América Latina utilizando como base de estudo as TOP 500 listadas no ranking elaborado pela revista América Economia com as maiores empresas da América Latina.

Ano passado, deixamos de lado, após dois anos de atividades, um curso idealizado e promovido pela Fundação Dom Cabral (FDC) - reconhecida como a primeira Escola de Negócios da América Latina e a oitava do planeta - dedicado ao Terceiro Setor e batizado de POS (Parceria com Organizações Sociais). Com aulas presenciais e consultorias mensais em nossa sede social, validamos a missão, a visão e os valores institucionais e também construímos juntos o planejamento estratégico para 2014/2015. Nele ficou latente a necessidade de conquistar empresas para nos ajudar a levar a bandeira que carregamos, há mais de 10 anos, ainda mais adiante.

A FDC não conseguiu responder um questão: Por que o Instituto Brasileiro de Ética nos Negócios com tanto tempo de atuação no país, com iniciativas excepcionais para cumprir uma nobre, louvável e exemplar missão - que é (ou deveria ser) o principal alicerce de qualquer empresa - e também está viabilizando o processo de expansão internacional envolvendo a Academia e seus alunos em graduação, não consegue sensibilizar empresas para integrar seu quadro associativo e, muito menos, para fazer parte do seleto time de Parceiras Institucionais?

Para tentar responder esta pergunta, aproveitamos esta edição da Revista Ética nos Negócios para começar uma discussão, objetivando provocar saudáveis reflexões daqui pra frente, sobre a relação entre a Ética nos Negócios e os Valores Corporativos, e os motivos que levam as empresas a ter (ou não ter) a Ética como um (verdadeiro) Valor Estratégico.

Douglas Linares Flinto
Fundador e Diretor-Presidente
Instituto Brasileiro de Ética nos Negócios